Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Coeficiente de actualização das rendas para 2021

Notícias
09 Outubro 2020

No passado dia 2 de Outubro, foi publicado em Diário da República o Aviso n.º 15365/2020 na sequência do apuramento pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) do coeficiente de actualização anual de renda dos diversos tipos de arrendamento urbano e rural, para vigorar no ano civil de 2021, com base no Índice de Preços do Consumidor, excluindo-se a habitação.

Este aviso é publicado anualmente até ao dia 30 de Outubro, nos termos do artigo 24.º da Lei n.º 6/2006, de 27 de Fevereiro, que aprovou o Novo Regime do Arrendamento Urbano (NRAU), e artigo 11.º, n.º 5, do Decreto-Lei n.º 294/2009, de 13 de Outubro, que aprova o Novo Regime do Arrendamento Rural (NRAR).

Contrariamente aos coeficientes que vigoraram nos últimos 5 anos ligeiramente progressivos, confirma-se agora uma estimativa recente do INE que indicava uma variação negativa, reflectindo a actual deflação. À partida, estaremos perante um cenário de descida do valor das rendas em 2021 e não um aumento, o que não se verificava desde 2015.

Deste modo, o coeficiente de actualização das rendas para o ano civil de 2021 é de 0,9997.

Este coeficiente aplica-se, portanto, aos arrendamentos rurais e urbanos, quer estes sejam comerciais ou habitacionais, ainda que com algumas excepções.