Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Start Up Visa

Notícias
22 Maio 2019

 

Startup Visa é um novo tipo de visto de residência para empreendedores estrangeiros que pretendam desenvolver um projecto de empreendedorismo e/ou inovação em Portugal.

O programa Startup Visa prevê um processo prévio de certificação de incubadoras que serão seleccionadas para receber e acolher os imigrantes empreendedores, uma fase de candidaturas dos empreendedores estrangeiros interessados neste programa, a celebração de um contrato de incubação entre o/os empreendedor(es) estrangeiro(s) e a incubadora certificada e uma posterior concessão de visto ou de autorização de residência aos empreendedores estrangeiros cuja candidatura tenha sido admitida.

As incubadoras são entidades de acolhimento e apoio a imigrantes empreendedores na criação e desenvolvimento de projectos que demonstrem forte capacidade de evolução, com especial enfoque na tecnologia.

A lista actualizada das incubadoras certificadas está disponível na plataforma electrónica do IAPMEI, I.P. (Instituto Público de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação) em https://www.iapmei.pt/getattachment/Paginas/StartUP-Visa-pt/StartUP-Visa-Incubadoras-Certificadas_3-abril.pdf.aspx?lang=pt-PT, podendo os empreendedores estrangeiros interessados neste programa proceder ao contacto com a incubadora constante dessa lista, cujas características e competências melhor correspondam às necessidades do desenvolvimento dos seus projectos.

A candidatura dos empreendedores pode ser realizada durante todo o ano civil, devendo, ser acompanhada dos seguintes elementos:

  • Carta de Motivação, demonstrando interesse em desenvolver um projecto inovador em Portugal;
  • Documentos comprovativos do cumprimento dos requisitos formais, infra identificados;
  • Identificação e apresentação do projecto empreendedor, verificando-se o preenchimentos dos requisitos materiais infra mencionados;
  • Declaração de uma ou mais incubadoras certificadas interessadas na incubação do projecto.

Os empreendedores estrangeiros podem elaborar a sua candidatura, em língua portuguesa ou inglesa, através de formulário electrónico, mediante registo prévio, disponível em https://webapps.iapmei.pt/StartupVisa/VisaEmp/Account/Registo.aspx.  

A entidade que analisa as candidaturas submetidas é IAPMEI, I.P., proferindo uma decisão no prazo máximo de 30 dias úteis a contar da submissão de cada candidatura.

Este programa é aplicável a dois tipos de candidatos:

1.º Empreendedores que pretendam desenvolver o seu projecto empreendedor e/ou inovação em Portugal, ainda que não tenham constituído empresa;

2.º Empreendedores que já detenham projectos empresariais nos países de origem e que pretendam exercer a sua actividade em Portugal.

Os candidatos podem candidatar-se individualmente ou em conjunto (sendo elegíveis para o programa o máximo de 5 empreendedores por programa), devendo preencher os seguintes requisitos formais:

1.º Ter idade igual ou superior a 18 anos;

2.º Não possuir antecedentes criminais;

3.º Não ter residência permanente no Espaço Schengen;

4.º Ter a situação contributiva regularizada perante a Administração fiscal e segurança social, quando aplicável;

5.º Possuir meios financeiros próprios e de subsistência equivalentes a 12 vezes o Indexante dos Apoios Sociais (IAS), comprovados através de documento bancário.

No que diz respeito à selecção das candidaturas, os candidatos devem demonstrar os seguintes requisitos materiais:

1.ª Interesse efectivo em desenvolver em Portugal um projecto empreendedor;

2.ª Pretensão de desenvolver actividades de produção de bens e serviços internacionalizáveis;

3.ª Os seus projectos e/ou empresas se focam em tecnologia e conhecimento, com perspectivas de desenvolvimento de produtos inovadores;

4.ª Existência de interesse, por parte de uma ou mais incubadoras certificadas, em incubar fisicamente o projecto empreendedor;

5.º Potencial para a criação de emprego qualificado, para além dos empreendedores incluídos na candidatura ao programa;

6.º Potencial para atingir até, 5 anos após início de vigência do contrato de incubação, um volume de negócios superior a € 325.000,00;

7.º Capacidade para constituir empresa, durante a vigência do programa (quando aplicável);

8.º Contributo individual de cada candidato.